Please reload

Posts Recentes

Estenose de canal vertebral

01/11/2016

Com o passar do tempo, o desgaste e sobrecarga sobre as estruturas ósseas, ligamentares, tendinosas e musculares 

 

da coluna permitem alterações degenerativas caracterizadas por desidratação, enrijecimento e diminuição de mobilidade da coluna, que progressivamente perde seus contornos iniciais e ganha superfícies com relevos mais grosseiros e pontiagudos, estreitando os orifícios e canais naturais por onde passam as estruturas nervosas, causando o estreitamento (ou estenose) do canal vertebral.

 

Esse estreitamento é um processo natural que faz parte do envelhecimento, mas pode ocorrer precocemente ou tardiamente de acordo com predisposição genética de cada um ou fatores ambientais, como vida saudável, atividade física regular, entre outros.

 

Nos pontos de estreitamento os nervos e medula podem sofrer compressões que geram sintomas variados, desde perda progressiva da capacidade de andar até dor, que pode ser localizada ou seguir o trajeto dos nervos, lembrando uma hérnia de disco.

 

O tratamento da estenose de canal vertebral se inicia com um diagnóstico adequado com exame físico e exames de imagem. O tratamento proposto pode ser desde a reabilitação física até descompressão cirúrgica dos pontos de estreitamento. A decisão cirúrgica depende dos sintomas e das características da compressão.

Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo